White Widow Original: Uma História de Mistério e Legado Canábico

560
SHARES
Tempo de leitura 4 minutos
Uma planta de maconha com uma linda aranha envolvendo o broto
Uma planta de maconha com uma linda aranha preta e vermelha envolvendo o broto

 

White Widow é uma variedade de cannabis que marcou um antes e depois na cultura canábica mundial. No entanto, sua origem é objeto de debate entre duas figuras lendárias: Shantibaba e Ingemar. A seguir, desvendamos o mistério que rodeia esta cepa lendária e tentamos explicar qual é a White Widow original.

 

 

A White Widow original segundo Shantibaba: O Nascimento de um Ícone

 

Shantibaba, cofundador da Mr. Nice Seeds, afirma que a White Widow é fruto de um cruzamento entre genéticas do Brasil e da Índia. Segundo ele, as sementes que ganharam a primeira copa em 1995 vêm exclusivamente de suas plantas. Apesar das controvérsias e das múltiplas versões feminizadas que surgiram, Shantibaba afirma possuir as plantas em sua forma original até hoje.

 

Green House e a Comercialização da original White Widow

Green House foi a primeira marca a comercializar a White Widow, inicialmente na forma de botões através de seus coffeeshops e mais tarde como sementes de cannabis regulares. Esse movimento foi crucial para a popularização da cepa em nível mundial, mas assim como aconteceu com outras genéticas clássicas dos Países Baixos, como a famosa AK 47, sua origem não estava totalmente clara. As pessoas começaram a falar sobre esta cepa massivamente, principalmente porque produzia uma quantidade de resina que em meados dos anos 90 não era tão comum, mas neste caso as plantas acabavam brancas de tantos tricomas brilhantes que mostravam, e aí começou a lenda da família White, que continuou com White Rhino, Great White Shark, ou posteriormente com El Niño.

 

Inovações na Genética: Feminizadas, CBD e Autoflorescentes

A primeira versão feminizada da White Widow foi apresentada pela Dutch Passion, e a primeira versão autoflorescente pela Dinafem. Essas inovações permitiram aos cultivadores desfrutar da cepa com maior facilidade e rapidez, e a partir daí começaram a sair muito boas réplicas de White Widow Auto. No entanto, quando chegou a hora de lançar a primeira versão rica em canabidiol da Widow, o destino quis que fosse novamente Shantibaba quem se encarregasse disso, mas desta vez através de seu outro banco, CBD Crew.

 

Um grande campo de plantas de maconha separado por uma estrada onde há uma moto conduzida por uma enorme aranha branca
Um grande campo de plantas de maconha separado por uma estrada onde há uma moto conduzida por uma enorme aranha branca

 

 

Ingemar: O Outro Pretendente ao Trono da White Widow Original

Ingemar, criador e dono da De Sjamaan, reivindica seu papel na criação da White Widow. Segundo seu relato, ele descobriu as sementes em um lote de haxixe e dedicou seis anos a aperfeiçoar a variedade. Embora não revele sua genética, afirma que os genes vendidos pela Green House são os seus, concedendo a Arjan Roskam o uso exclusivo deles. Ingemar cruzou sua Widow com várias das genéticas famosas daquela época, e quem escreve estas linhas cultivou com sucesso um pacote de sementes White Skunk que naquela época eram oferecidas em envelopes de papel.

 

A Controvérsia e o Legado da White Widow original

A disputa sobre a autoria da White Widow gerou confusão na comunidade canábica. Muitos bancos de sementes oferecem versões da cepa, mas com genéticas diferentes, o que complica ainda mais a situação. Na Espanha, há uma seleção de White Widow da Green House antiga do final dos anos 90 conhecida como Widow Bilbo, da qual saíram muitas versões feminizadas, e além disso foi usada massivamente para reverter seu sexo e criar muitos cruzamentos em versão feminizada. Outra grande seleção espanhola é a Widow poligonera de Granada, mais aromática e saborosa, embora menos potente e estável.

 

A Busca pela Autenticidade: Black Widow da Mr. Nice Seeds

Para aqueles em busca de uma experiência próxima à White Widow original, a semente regular mais parecida é a Black Widow da Mr. Nice Seeds, que promete uma genética fiel à cepa lendária. Depois de arrasar na edição de 1998 da competição High Times Cannabis Cup com a variedade Super Silver Haze, os 2 criadores mais famosos da Green House pegaram suas plantas-mãe e se mudaram para a Suíça para criar sua marca atual, Mr. Nice Seedbank. Não eram dois criadores quaisquer, eram Shantibaba e Nevil, e desde então mantêm as genéticas originais com as quais comercializam suas versões Black Widow como White Widow, Medicine Man como White Rhino, Shark Shock como Great White Shark, e La Niña como El Niño.

 

Um cultivo de plantas de cannabis interior cuidado por uma grande aranha branca vestida de enfermeira
Um cultivo de plantas de cannabis interior cuidado por uma grande aranha branca vestida de enfermeira

 

 

 
Download completely free the marijuana dictionary
Free Download Cannabis Dictionary 2023 Edition
Insert a correct email address
You must accept the privacy policy
SITE OF SHOPS ONLINE S.R.L with CIF: B98262777 and address for notifications in C/ VEREDA MAS DE TOUS Nº 22 LOCAL C, 46185 LA POBLA DE VALLBONA, VALENCIA, Phone: 961658271 Email: customer(at)pevgrow.com
At the name of Consulting we process the information you give us in order to provide the requested service, perform the billing of the same. The data provided will be kept as long as the business relationship is maintained or for the years necessary to comply with legal obligations. The data will not be transferred to third parties except in cases where there is a legal obligation. You have the right to obtain confirmation as to whether SITE OF SHOPS ONLINE S.R.L. is processing your personal data and therefore you have the right to access your personal data, rectify inaccurate data or request its removal when the data is no longer necessary
 

Conclusões: Entre a Lenda e a Realidade

A história da White Widow é tecida de mistério e paixão pelo cannabis. As versões de Shantibaba e Ingemar oferecem perspectivas diferentes, mas ambas contribuem para o mito que rodeia esta variedade única. Até hoje, a White Widow continua sendo uma das cepas mais procuradas e respeitadas no mundo do cannabis, e se for permitida a opinião de quem escreve este artigo, a White Widow original é a de Shantibaba, mas repito que isso é apenas uma opinião pessoal.

 

 

Perguntas Frequentes

O que é a White Widow?
É uma variedade de cannabis conhecida por sua potência e por sua cobertura de tricomas brancos que lhe dão uma aparência nevada.
Quem reivindica a criação da White Widow?
Existem duas figuras principais que reivindicam sua autoria: Shantibaba da Mr. Nice Seeds e Ingemar da De Sjamaan.
Qual foi a primeira marca a comercializar a White Widow?
Green House foi a primeira a comercializar a cepa, tanto em botões quanto em sementes regulares.
Existem versões feminizadas e autoflorescentes da White Widow?
Sim, Dutch Passion e Dinafem foram os primeiros a oferecer versões feminizadas e autoflorescentes, respectivamente.
Qual é a versão mais parecida com a White Widow original?
A semente regular conhecida como Black Widow da Mr. Nice Seeds é a que mais se assemelha à White Widow original.
Click to rate this post!
[Total: 1 Average: 5]
Gostou do artigo? Compartilhe nas redes sociais!
Fran Quesada Moya
Fran Quesada Moya
Editor da Pevgrow, ativista e aficionado pelo cannabis em todos os seus campos, especialmente na criação e desenvolvimento de novas variedades.
Veja mais postagens
Participate in the discussion

Leave a Comment