A marijuana também tem o seu PH

560
SHARES
Tempo de leitura 7 minutos
Faixas de pH identificadas por cores nas raízes
Faixas de pH identificadas por cores nas raízes

 

 

Assim como acontece com as pessoas, manter um pH ideal nas plantações de maconha é crucial para garantir uma alimentação correta e desenvolvimento das plantas, e muitas vezes não damos a devida importância a isso. Por esse motivo, achamos conveniente criar este artigo no qual explicamos o que é e quais são os melhores valores de pH para cada etapa do cultivo, então recomendo que você leia com atenção.

 

 

⭐ O que é o pH?

 

 

pH é a sigla para “potencial de hidrogênio”, indicando a quantidade de íons de hidrogênio que um corpo ou qualquer solução aquosa contém, e mede seu grau de acidez ou alcalinidade. A escala de valores de pH varia de 0 a 14, sendo 7 o pH neutro, portanto, qualquer valor abaixo de 7 é considerado ácido, e entre 7 e 14 pode-se dizer que é alcalino. O pH ideal para o cultivo de cannabis está entre 5.5 e 7.0, variando de acordo com o tipo e a fase do cultivo, pois em sistemas “sem solo” como a aeroponia ou a hidroponia é melhor aplicar valores mais ácidos do que em cultivos de maconha em terra. Também é bom aumentar o pH à medida que as plantas passam de fase, pois no crescimento preferem um pH mais baixo do que na floração. Se ainda não ficou muito claro o que é o pH, não se preocupe, pois tenho certeza de que uma vez que você leia este artigo completamente, entenderá perfeitamente.

 

 

⛳ Qual a importância do pH nos cultivos de maconha?

 

É super importante, porque as plantas precisam absorver nutrientes para se desenvolverem normalmente, e para poder assimilar esses nutrientes, eles devem vir com valores de pH adequados. Se você adicionar fertilizantes à irrigação e o pH estiver incorreto, é como se você preparasse uma sopa e não tivesse uma colher para comê-la, lembre-se disso. Para garantir que as plantas tenham um pH adequado no sistema radicular, que é o que precisa absorver os nutrientes, é necessário verificar o pH da água de irrigação que elas tomam, pois é isso que pode alterar os valores do solo, que no final é o mais importante.

 

 

 
USA Seeds
Free Download Cannabis Dictionary 2023 Edition
Insert a correct email address
You must accept the privacy policy
SITE OF SHOPS ONLINE S.R.L with CIF: B98262777 and address for notifications in C/ VEREDA MAS DE TOUS Nº 22 LOCAL C, 46185 LA POBLA DE VALLBONA, VALENCIA, Phone: 961658271 Email: customer(at)pevgrow.com
At the name of Consulting we process the information you give us in order to provide the requested service, perform the billing of the same. The data provided will be kept as long as the business relationship is maintained or for the years necessary to comply with legal obligations. The data will not be transferred to third parties except in cases where there is a legal obligation. You have the right to obtain confirmation as to whether SITE OF SHOPS ONLINE S.R.L. is processing your personal data and therefore you have the right to access your personal data, rectify inaccurate data or request its removal when the data is no longer necessary
 

✨ Como medir o pH?

 

A melhor maneira de verificar é com um medidor de pH eletrônico, e você tem muitas marcas e modelos diferentes para escolher, com preços muito competitivos como este da Wassertech, ou este da marca Adwa que achamos que tem a melhor relação custo-benefício. Também existem os kits de gotas que ainda são mais baratos a curto prazo, embora não sejam tão confiáveis e demorem mais tempo para medir o pH. Esses medidores são úteis para verificar o pH da água de irrigação, basta introduzir a sonda que contêm no caso de serem eletrônicos, e com o kit de gotas, pega-se uma pequena amostra, adiciona-se algumas gotas e compara-se a cor com a escala que vem no próprio produto. Bem, já sabemos como saber o pH que nossa solução nutritiva contém, mas se você quiser aumentá-lo ou diminuí-lo, precisa de ácidos ou produtos alcalinos que provocam a flutuação do pH, vendidos como pH – ou pH + e são muito baratos. Se você quiser ver uma maneira caseira de baixar o pH com produtos que todos temos à mão, recomendo ler este interessante artigo. (Aqui colocaria um link para a notícia “Como baixar o pH de forma caseira” que ainda não publicamos.)

 

 

👾 Valores de pH do cannabis

 

Adiferença nos valores ideais de pH para cultivos de cannabis em terra, coco e hidroponia se deve a como cada meio afeta a disponibilidade de nutrientes e a absorção pelas plantas. Ter um bom medidor de pH é crucial para obter o maior rendimento e qualidade das plantas. Aqui explico as razões específicas para cada tipo de cultivo:

 

Cultivo em Terra:

  • Natureza do Solo: O solo é um meio complexo que contém minerais, matéria orgânica e microrganismos que interagem entre si. O intervalo de pH ideal (6.0-7.0) para o cultivo em terra garante que os nutrientes estejam disponíveis na forma adequada para que as plantas os absorvam.
  • Retenção de Nutrientes: A terra tem uma capacidade de amortecimento que ajuda a manter o pH estável, permitindo maior flexibilidade no pH da água de irrigação sem afetar significativamente o pH do solo.

 

Cultivo em Coco:

  • Meio Inerte: O coco é um meio de cultivo inerte com uma capacidade de amortecimento menor que a terra, o que significa que o pH da água de irrigação tem um impacto mais direto no pH do meio de cultivo.
  • Intervalo de pH: O intervalo ideal (5.8-6.0) para o coco é ligeiramente inferior ao da terra porque certos nutrientes, como cálcio e magnésio, são mais disponíveis nesse intervalo de pH específico em um meio inerte.

 

Cultivo em Hidroponia:

  • Meio sem Solo: Em sistemas hidropônicos, as raízes estão diretamente em contato com a solução nutritiva. Isso significa que a disponibilidade de nutrientes depende completamente do pH da solução.
  • Absorção Direta: O intervalo de pH ideal (5.5-6.0) é mais baixo do que na terra ou coco porque muitos nutrientes essenciais para o crescimento das plantas, como nitrogênio, fósforo e potássio, são mais solúveis e disponíveis nesse intervalo em soluções aquosas.

 

Razões Adicionais:

  • Disponibilidade de Nutrientes: Cada meio tem uma capacidade diferente para reter e liberar nutrientes. Na terra, alguns nutrientes podem estar mais disponíveis em um intervalo de pH mais amplo devido à sua interação com o complexo do solo. No coco e na hidroponia, a disponibilidade de nutrientes é mais diretamente influenciada pelo pH da solução nutritiva.
  • Microbiologia: A microbiologia do solo pode influenciar a necessidade de um intervalo de pH diferente. Os microrganismos benéficos do solo funcionam melhor em um intervalo de pH que pode não ser ideal para a hidroponia ou o coco.
  • Capacidade de Amortecimento: A terra tem uma maior capacidade para amortecer mudanças no pH, o que não ocorre na hidroponia, onde o pH pode flutuar rapidamente e deve ser monitorado e ajustado com mais frequência.

 

 

👌 Tabela de valores de pH do cannabis

 

Semana Etapa pH Terra pH Coco pH Hidroponia
1 Crescimento 6.0 5.8 5.5
2 Crescimento 6.0 5.8 5.5
3 Crescimento 6.0 5.8 5.5
4 Crescimento 6.0 5.8 5.5
5 Floração 6.2 6.0 5.8
6 Floração 6.2 6.0 5.8
7 Floração 6.2 6.0 5.8
8 Floração 6.2 6.0 5.8
9 Floração 6.2 6.0 5.8
10 Floração 6.2 6.0 5.8
11 Floração 6.2 6.0 5.8
12 Floração 6.2 6.0 5.8
13 Floração 6.2 6.0 5.8
14 Floração 6.2 6.0 5.8

 

 

🚀 Conclusões

Em conclusão, o pH do meio de cultivo é um fator crítico para o crescimento saudável e produtivo das plantas de cannabis. Cada tipo de cultivo—terra, coco e hidroponia—requer um intervalo de pH específico devido às diferenças na disponibilidade de nutrientes, capacidade de amortecimento e interações microbiológicas. Manter o pH dentro do intervalo ideal para cada meio garante que as plantas possam absorver os nutrientes essenciais de maneira eficiente, evitando problemas de deficiências ou toxicidades. Portanto, um monitoramento regular e ajustes precisos do pH são essenciais para maximizar o rendimento e a qualidade do cultivo de cannabis em qualquer tipo de meio.

 

 

✅ Opinião da Pevgrow

Em geral, não se costuma dar a devida importância a regar o cannabis com um pH ideal, e principalmente manter um pH correto no substrato ao longo de todo o cultivo. É preciso entender que se não ajustarmos bem o pH, as raízes das plantas não poderão assimilar corretamente os nutrientes, portanto, surgirão problemas nutricionais como deficiências, excessos ou bloqueios de nutrientes. Isso geralmente provoca um problema maior, pois muitas vezes tenta-se corrigir o desajuste adicionando mais nutrientes, o que normalmente piora o problema. Agora que você já sabe a importância de ajustar o pH, não pode perder este outro artigo que explica como baixar o pH em cultivos de cannabis.

 

 

🎯 Perguntas frequentes

 

O que acontece se regarmos o cannabis com um pH muito baixo?

Regar o cannabis com um pH muito baixo pode ter várias consequências negativas no crescimento e na saúde da planta. Aqui estão algumas das principais repercussões:

  • Bloqueio de Nutrientes: Um pH baixo pode impedir que a planta absorva certos nutrientes essenciais como cálcio, magnésio e fósforo, o que pode levar a deficiências nutricionais.
  • Toxicidade de Nutrientes: Em pH baixos, alguns nutrientes como manganês e alumínio podem se tornar mais solúveis e atingir níveis tóxicos, danificando as raízes e a planta em geral.
  • Dano às Raízes: Um pH muito ácido pode danificar as raízes, afetando sua capacidade de absorver água e nutrientes e, em casos extremos, matando as raízes.
  • Crescimento Retardado: As plantas podem mostrar um crescimento mais lento e atrofiado devido à falta de disponibilidade de nutrientes essenciais.
  • Problemas de Floração: Durante a fase de floração, um pH incorreto pode afetar a formação e qualidade das flores, reduzindo o rendimento e a potência do cultivo.
  • Clorose: As folhas podem ficar amarelas devido à clorose, uma condição causada pela incapacidade de absorver ferro adequadamente, comum em solos ácidos.

Para evitar esses problemas, é importante monitorar regularmente o pH da água de irrigação e do meio de cultivo, ajustando-o conforme necessário para mantê-lo no intervalo ideal para o cannabis.

 

O que acontece se regarmos o cannabis com um pH muito alto?

Regar o cannabis com um pH muito alto também pode causar vários problemas que afetam a saúde e o crescimento da planta. Aqui estão as principais consequências:

  • Bloqueio de Nutrientes: Um pH alto pode bloquear a absorção de nutrientes essenciais como ferro, manganês, zinco e cobre. Isso pode levar a deficiências nutricionais na planta.
  • Deficiências Nutricionais: A falta de absorção de nutrientes devido ao pH elevado pode causar sintomas de deficiência, como folhas amarelas (clorose), crescimento lento e manchas nas folhas.
  • Problemas de Crescimento: As plantas podem mostrar um crescimento retardado e atrofiado. As folhas novas podem aparecer pálidas ou amarelas, e as plantas podem se tornar mais suscetíveis a doenças e pragas.
  • Baixa Produção de Flores: Durante a fase de floração, um pH elevado pode afetar negativamente a produção e qualidade das flores, resultando em menor rendimento e potência.
  • Estresse nas Plantas: As plantas podem experimentar estresse, tornando-se mais vulneráveis a fatores ambientais adversos e doenças.
  • Desbalanço de Nutrientes: Um pH alto pode causar um desbalanço na disponibilidade de nutrientes, afetando a saúde geral da planta e sua capacidade de crescer de maneira ótima.

Para evitar esses problemas, é crucial manter o pH da água de irrigação e do meio de cultivo dentro do intervalo ideal para o cannabis. Monitorar regularmente o pH e ajustá-lo conforme necessário ajuda a garantir que as plantas recebam os nutrientes necessários para um crescimento saudável e uma produção abundante.

 

Qual é o valor de pH ideal para a germinação das sementes de cannabis?

O pH ideal para a germinação das sementes de cannabis está em um intervalo ligeiramente ácido, entre 5.8 e 6.2. Manter o pH dentro desse intervalo durante a germinação é crucial para garantir que as sementes possam absorver água e nutrientes de maneira eficaz, facilitando seu desenvolvimento inicial. Recomendações para a Germinação:

  • Meio de Germinação: Utilize um substrato de qualidade, como fibra de coco, turfa ou um meio de germinação específico para cannabis, que tenha um pH ajustado dentro do intervalo ideal.
  • Água de Irrigação: Certifique-se de que a água que você usa para umedecer as sementes e o meio de germinação tenha um pH entre 5.8 e 6.2.
  • Monitoramento do pH: Verifique regularmente o pH da água e do meio de germinação para garantir que se mantenha dentro do intervalo ideal.

 

E o pH ideal para as mudas?

Para as mudas de cannabis, o pH ideal continua sendo importante para garantir um desenvolvimento saudável e uma absorção ótima de nutrientes. O intervalo de pH ideal para as mudas de cannabis é ligeiramente ácido, semelhante ao da germinação, mas com uma ligeira variação para se ajustar às suas necessidades crescentes. Intervalo de pH Ideal para Mudas de Cannabis:

  • Terra: 6.0 – 6.5
  • Coco: 5.8 – 6.0
  • Hidroponia: 5.5 – 6.0

 

Deve-se medir o pH da água antes ou depois de adicionar os fertilizantes?

Sempre depois de adicionar os fertilizantes e outros aditivos à água de irrigação, porque esses produtos podem provocar uma flutuação do pH, normalmente para baixo. De fato, se sobrar solução nutritiva e você for aproveitá-la em outro momento, recomendo ajustar novamente o pH, pois o mais comum é que ele tenha variado.

Click to rate this post!
[Total: 0 Average: 0]
Gostou do artigo? Compartilhe nas redes sociais!
Fran Quesada Moya
Fran Quesada Moya
Editor da Pevgrow, ativista e aficionado pelo cannabis em todos os seus campos, especialmente na criação e desenvolvimento de novas variedades.
Veja mais postagens
Participate in the discussion

Leave a Comment