As melhores variedades autóctones da Índia

Tempo de leitura 6 minutos
  • Conheça as variedades landrace de cannabis da Índia: sativas energizantes, indicas relaxantes e híbridos únicos, cada uma adaptada aos diferentes climas e regiões da Índia.
variedades landrace da Índia
Ilustração do mapa da Índia repleta de várias folhas de cannabis, cada folha etiquetada com o nome de um estado indiano diferente. O fundo é de um bege desbotado.
Alan Martínez Benito
CEO da Pev Grow, cultivador experiente com mais de 20 anos de experiência.
Em constante luta pela regulamentação da cannabis, principalmente no campo medicinal.
01-05-2024 07:00:00 - Updated: 1 May, 2024

 

 

A Índia é um tesouro de biodiversidade, e isso se reflete na rica variedade de cannabis landrace encontrada em todo o subcontinente. Desde as alturas do Himalaia até as planícies tropicais do sul, cada região cultivou cepas que não apenas sobrevivem, mas prosperam em seus ambientes locais. Este artigo explora essas variedades landrace indianas únicas, destacando suas características distintivas e os efeitos que oferecem.

 

 

⭐ Lista de variedades landraces indianas

 

 

A Índia, com sua rica biodiversidade e uma ampla gama de climas, é o berço de numerosas variedades de cannabis landrace, cada uma adaptada ao seu ambiente particular e com características únicas. Aqui está apresentada uma lista exaustiva das variedades landrace mais representativas do subcontinente indiano.

Malana Cream:

Originária do vale de Malana em Himachal Pradesh, esta variedade é conhecida por sua excepcional resina usada para produzir charas de alta qualidade, considerado por muitos como o melhor haxixe do mundo. O isolamento geográfico e cultural de Malana contribuiu para a criação de uma cepa com características únicas e aromas especiais, sendo famosa por sua textura cremosa e efeitos eufóricos com descida relaxante.

Idukki Gold:

Vem dos Gates Ocidentais em Kerala. Idukki Gold é uma das cepas mais potentes da Índia, cada vez mais rara, conhecida por seus fortes efeitos cerebrais e alerta, frequentemente descrita pelo seu impacto potente e duradouro.

Rasol:

Esta variedade é cultivada na remota vila de Rasol, a quase 3000 metros acima do nível do mar. É conhecida por seu ‘Rasol Cream’, um dos melhores cremas de haxixe da Índia. Os cultivadores locais mantêm uma genética relativamente pura, o que permite que a planta expresse uma ampla gama de sabores e efeitos, tipicamente frutados e picantes.

 

Kashmiri:

Cultivada nas terras altas de Jammu e Caxemira, esta variedade muitas vezes mostra características indica em sua estrutura. É conhecida por seu aroma doce e frutado, sendo utilizada tanto para fins recreativos quanto medicinais.

 

Manipuri:

A variedade Manipuri, originária do vale de Imphal em Manipur, é uma landrace Sativa conhecida por sua adaptabilidade a diferentes climas e sua facilidade de cultivo tanto em interiores quanto em exteriores. Esta variedade é altamente valorizada pelos cultivadores locais, que selecionam sementes das plantas mais fortes para futuras colheitas. Os botões de Manipuri são conhecidos por seus aromas florais e cítricos com um toque de menta, oferecendo um efeito intenso e energizante, embora também seja destacado por ser mais calmante em comparação com outras sativas do sudeste asiático.

 

Parvati:

A variedade Parvati, nomeada pelo vale de Parvati em Himachal Pradesh, é célebre por sua resina pegajosa e efeitos relaxantes. Esta sativa de alta montanha é preferida por seu curto período de floração e por produzir um efeito cerebral que é tanto elevador quanto psicodélico. Os agricultores do Vale Parvati são especialistas em selecionar fenótipos específicos, o que garante uma consistência no sabor e na qualidade do charas (haxixe) produzido​​.

 

Kerala:

A variedade de Kerala, conhecida por sua resistência e robustez, se destaca no ambiente tropical e úmido do sul da Índia. Esta variedade é famosa por sua potência e resistência a doenças locais, o que a torna muito apreciada tanto para uso recreativo quanto medicinal. A Kerala oferece efeitos vigorizantes típicos das sativas, com um início eufórico que se mantém energético e alerta​​. Está considerada como uma das melhores sativas do planeta, tanto que é um dos parentais de híbridos tão famosos como a Haze ou a White Widow.

 

Orissa Gold:

Orissa Gold é uma preciosa variedade proveniente de Orissa, conhecida por sua alta qualidade e adaptabilidade ao clima úmido e tropical da região. Esta sativa tem um período de floração de entre 18 e 20 semanas, e é apreciada por seu aroma floral combinado com incenso, produzindo um efeito ativo e eufórico que é altamente valorizado pelos consumidores​​.

 

Nanda Devi:

Nomeada pela montanha Nanda Devi, esta variedade cresce em altas altitudes e tem um ciclo de floração surpreendentemente rápido de 10 a 11 semanas para uma sativa. Os botões de Nanda Devi são densos e resinosos, com um aroma que combina notas florais, picantes e herbais, e produzem um efeito intenso e elevador que depois se equilibra em um zumbido duradouro e positivo​.

 

Hindu Kush:

Embora mais comumente associada com a região entre Afeganistão e Paquistão, a Hindu Kush também é cultivada no norte da Índia, onde se adaptou às condições locais. Esta indica pura é famosa por seus efeitos narcóticos e elevadores, com um aroma que combina especiarias, frutas podres, pinho e café​.

 

 

⛳ Tabela de variedades landraces indianas

 

Variedade Tipo Localização Características destacadas
Malana Cream Indica/Híbrido Himachal Pradesh, Malana Resina de alta qualidade, efeitos eufóricos e relaxantes, ideal para charas.
Idukki Gold Sativa Kerala Alto teor de THC, efeitos potentes e energizantes.
Manipuri Sativa Manipur Botões densos, aroma terroso, fácil de cultivar, efeitos energéticos.
Parvati Indica/Híbrido Himachal Pradesh, Vale Parvati Resina pegajosa, efeitos relaxantes, curto período de floração.
Kerala Sativa Kerala Robustez e resistência a doenças, adaptada ao clima úmido e tropical.
Orissa Gold Sativa Orissa Qualidade superior, resistente ao clima úmido, efeitos ativos e eufóricos.
Nanda Devi Sativa Uttarakhand, Nanda Devi Adaptada a altas altitudes, botões densos e resinosos, efeitos intensos.
Hindu Kush Indica Norte da Índia Efeitos narcóticos e elevadores, aroma a especiarias e frutas podres.
Rasol Sativa Himachal Pradesh, Rasol Qualidade excepcional de haxixe, adaptação a altitudes elevadas, sabores frutados e picantes.
Kashmiri Indica Jammu e Caxemira, Caxemira Efeitos relaxantes e sedativos, ideal para uso medicinal.

 

 

✨ Variedades Landrace Indianas: Sativa ou Indica?

 

A diversidade geográfica e climática da Índia deu lugar a uma impressionante variedade de subespécies de cannabis, incluindo sativas, indicas e ruderalis. Este espectro tão amplo de variedades é resultado direto das múltiplas latitudes, microclimas e acidentes geográficos do país.

Variedades Sativa

A maioria das variedades landrace da Índia são classificadas como sativas, conhecidas comumente como “Cannabis sativa” ou NLD (narrow-leaf drug). Estas variedades são caracterizadas por terem folhas mais finas e alongadas, e costumam crescer em zonas de baixa latitude onde os dias são mais longos. As sativas indianas são conhecidas pelos seus efeitos energizantes e psicoativos, tipicamente oferecendo uma experiência mais cerebral ou “barato de cabeça”. Devido à sua adaptação a climas quentes e úmidos, estas plantas podem alcançar alturas impressionantes e têm um período de floração mais longo.

Variedades Indica

Ao contrário da crença popular, as verdadeiras variedades indica (BLD – broad-leaf drug) não são originárias da Índia, mas de regiões mais próximas ao Hindu Kush, que abrangem partes do Afeganistão, Paquistão e a fronteira com a China. No entanto, na Índia podem ser encontradas variedades que mostram características físicas típicas das indicas, como folhas mais largas, efeito relaxante e uma estrutura mais compacta. Estas costumam ser encontradas nas regiões montanhosas e altas onde o clima é mais frio, favorecendo um ciclo de floração mais curto.

Variedades Ruderalis

Embora menos comuns, algumas variedades de Cannabis ruderalis, conhecidas pela sua capacidade de florescer independentemente das horas de luz (autoflorescentes), também foram identificadas em regiões mais nortenhas e frias da Índia. Estas plantas são geralmente mais pequenas e raramente são usadas para fins recreativos ou medicinais devido ao seu baixo teor de THC.

 

 

🚀 Diversidade Adaptativa

A vasta gama de variedades de cannabis na Índia é um testemunho da adaptabilidade da planta. Cada variedade evoluiu para otimizar sua sobrevivência e reprodução em seu nicho ecológico particular, resultando numa diversidade genética que é tanto um recurso científico quanto cultural. Os cultivadores e conservacionistas de cannabis valorizam essas variedades landrace pelo seu potencial genético único, que pode ser crucial para o desenvolvimento de novas variedades híbridas adaptadas a desafios agrícolas específicos ou para produzir perfis de canabinoides e terpenos desejados.

 

 

🔥 Efeitos das Variedades Landrace Indianas

As variedades landrace de cannabis na Índia oferecem uma gama diversa de efeitos, dependendo da sua subespécie: sativa, indica, híbridos espontâneos e ruderalis. Cada tipo tem características únicas que influenciam seus efeitos psicoativos e terapêuticos.

Efeitos das Sativas Indianas

As variedades sativa são conhecidas pelo seu efeito estimulante e cerebral. Na Índia, estas variedades costumam produzir um “barato” enérgico e muitas vezes psicodélico, ideal para o uso diurno. Os usuários relatam um aumento na criatividade, energia e uma sensação de bem-estar eufórico. Devido ao seu prolongado período de floração e sua adaptação a climas quentes e úmidos, as sativas indianas como a Malana Cream e a Idukki Gold são apreciadas pela sua qualidade e potência excepcionais.

Efeitos das Indicas Indianas

Embora as verdadeiras indicas não sejam originárias da Índia, as variedades que mostram características indica em regiões montanhosas tendem a oferecer efeitos mais relaxantes e sedativos. Estes efeitos são adequados para o alívio da dor, insônia e estresse. A estrutura compacta dessas plantas e seu ciclo de floração mais curto se adaptam bem a climas mais frios e elevados, produzindo botões densos e resinosos com sabores e aromas profundos.

Híbridos Espontâneos

Em um ambiente tão diverso como a Índia, a polinização cruzada entre diferentes variedades landrace deu lugar a híbridos espontâneos. Estes híbridos combinam características de sativas e indicas, oferecendo uma variedade de efeitos que podem incluir a euforia cerebral das sativas junto com a relaxação corporal das indicas. Estes híbridos são especialmente valorizados pela sua versatilidade e capacidade de oferecer um equilíbrio entre estimulação e calma, dependendo das proporções da sua herança genética.

Variedades Ruderalis

As ruderalis na Índia são menos comuns e geralmente não são cultivadas para uso recreativo devido ao seu baixo teor de THC. No entanto, estas plantas autoflorescentes podem ser importantes para a pesquisa e o desenvolvimento de novas sementes de cannabis, especialmente para criar cepas que florescem independentemente do ciclo de luz.

 

 

🎯 Conclusão

As variedades landrace da Índia não apenas oferecem uma janela para a história e a cultura da cannabis na região, mas também possuem um valor inestimável para os criadores e entusiastas da cannabis em todo o mundo. Se você gostou do que leu aqui, não perca este outro artigo que fala sobre as melhores variedades de maconha Kush, já que algumas delas estão diretamente relacionadas com as landraces desta entrada.

Click to rate this post!
[Total: 0 Average: 0]
Participate in the discussion

Leave a Comment